O talento da Anabela Caetano
O talento da Anabela CaetanoDeclamação de Poesia
Da casta de 89, com origem no extremo sudoeste da Beira Baixa, na conhecida aldeia do Porto dos Fusos, e encantada pela envolvência Lisboeta, Anabela encontra-se (muitas vezes) na magia da vida e no faz-de-conta através da declamação e do teatro. As palavras são para ela um rio de águas calmas e refrescantes.
O interesse pelo corpo e pelas emoções levou-a até à psicomotricidade. Ao trabalho em clínica acrescenta funções de investigadora na área das ciências socias e humanas.
Nas suas memórias contam-se a experiência em teatro desde os 13 anos e, mais recentemente, a sua participação enquanto protagonista no filme O Primeiro Verão, que lhe valeu o prémio de Melhor Atriz Principal no Festival de Cinema da Figueira da Foz 2014.
O talento da Ana Mouralinho
O talento da Ana MouralinhoIlustração
Natural de Vila Franca de Xira, Licenciada em Desenho pela Faculdade de Belas Artes Universidade de Lisboa.
Estudou na Escola Secundária Artística António Arroio onde tirou a especialização em Design de Comunicação.
Conta com algumas participações em exposições colectivas;
O seu trabalho, ainda jovem, vive essencialmente da experiência e do seu gosto pela natureza, é na ilustração e na gravura que melhor se tem expressado. Parte de referentes como fotografias de família e livros da sua biblioteca pessoal.
O talento do André Alves
O talento do André AlvesEscrita de Poesia
Escreveu o primeiro poema aos sete anos sobre Timor.
Desde essa altura foi crescendo na poesia como leitor e escritor. Nos últimos dois anos foi leitor frequente de poesia em bares e sessões de declamação em Lisboa e por vezes no Porto.
Publicou os seus primeiros poemas em 2015 pela Revista Apócrifa onde voltou a publicar em 2016 . Foi convidado a participar como escritor para a revista do festival Silêncio em 2015, tendo publicado no mesmo ano na última edição da revista Nicotina.
Actualmente reside em Roma. Dividindo o seu tempo entre um emprego sério, a fotografia e a escrita. As vinhas do avô na região do Dão são uma paixão.
É alfacinha mas cresceu no Bronx português, Miratejo. Nasceu um par de anos antes da queda do muro de Berlim.
O talento da Christine Dias
O talento da Christine DiasAguarela Digital
A Christine é ilustradora freelancer e atualmente gere a vida entre os EUA e Portugal.
Especializou-se em ilustração de retratos, um tanto pitorescos, e artigos de papelaria e presentes personalizados.
Ela é apaixonada pela narração de histórias, sendo que através de todo o processo de criação de cada retrato desenhado à mão, a Christine tem a felicidade de ser exposta às mais lindas histórias, compostas por personagens fantásticas, repletas de características divertidas e interessantes, as quais tem o prazer de ajudar a partilhar com uma pitada de rêverie!
O talento da Diana Carvalho
O talento da Diana CarvalhoDecoração
VISUAL MERCHANDISER, DESIGNER DE INTERIORES E ARTESÃ. INPIRA-SE PELA CRIAÇÃO DE EXPERIÊNCIAS E PELA CRIAÇÃO DE UMA IDENTIDADE NO ESPAÇO. VIVE ENTRE DOIS MUNDOS, O DO DESIGN COMERCIAL E O RESIDENCIAL.
Formada em Marketing e Publicidade, viveu grande parte da sua vida na criação do imaginário das marcas, mas foi na concretização física e sensorial desses imaginários que encontrou a sua paixão, investindo uma mudança radical na sua vida, para se dedicar ao design de espaços. Acredita que os ambientes têm um enorme impacto nas pessoas e que podem ser motores de felicidade. A criação de ambientes proporcionam estados de espírito, inspiram, cativam. E são uma extensão do que nos representa, do que queremos ver-nos rodeados, pelo que queremos ser reconhecidos.
Apaixonada por histórias e detalhes, Diana quer transmitir através de um espaço uma mensagem de inspiração diária para a pessoa que o frequenta.
O talento do Diogo deCalle
O talento do Diogo deCalleIlustração
Diogo deCalle é artista plástico e arte-educador, que vive e
trabalha em Lisboa.
O seu universo plástico passa por expressão em Desenho, Gravura,
Instalação e Ilustração.
Recebeu prémio Jovens criadores 2008 e foi selecionado para
diferentes Festivais de arte, com obras de arte pública.
Presentemente desenvolve projecto de Arte Relacional com o Artista
Plástico Bruno Lavos Marques no qual as suas ilustrações se
transformam em comunicação através da serigrafia.
Elsa Serra
Elsa SerraContadora de Histórias
Contadora de Histórias desde 1999.
Em 2015, publica o seu quinto livro “Monstra?”, e inicia o projecto de formação e-learning – Curso online de Contadores de Histórias – Do Longe se Faz Perto. Produz e conta histórias em suporte de vídeo no site de histórias Contalá: http://www.contala.net.
Ganhou o Prémio Especial, Cuento com mención especial del III Concurso Internacional Cuento en Conto: “A História da Velha”.
Trabalhou desde 2001 com o DGLB – no programa de Itinerância de Promoção da Leitura.
E tem percorrido o país, com os seus ateliers, formações de contadores de histórias e sessões de histórias. Foi responsável pela animação cultural da livraria infantil Pequeno Herói, em Lisboa, onde contava histórias com regularidade semanal.
Fez o curso de Expressão Circense/Teatro – Chapitô, entre outros cursos.
Trabalhou como actriz e produtora em vários espectáculos e animações.
Livros Publicados: “Monstra?” – Edição de Autor 2015, “Ungali” – Porto Editora 2012, “Quero ser Escritor – Manual de Escrita Criativa” (com Margarida Fonseca Santos) – Oficina do Livro 2007, “A Lua Ensonada” – Everest Editora 2004 e “O Senhor das Barbas Brancas” – Everest Editora 2003.
Gonçalo Sousa
Gonçalo SousaMúsico
Gonçalo Sousa iniciou os estudos musicais aos 16 anos no Centro Musical de Cascais, aprendendo guitarra clássica e formação musical. Entre 2002-2007 frequentou a Escola de Jazz Luís Villas-Boas (Hot Clube de Portugal) fazendo o curso de jazz (guitarra e piano) e paralelamente frequentou a Escola do Museu do Fado estudando guitarra portuguesa. Desde 2003 que se dedica ao estudo da harmónica cromática. De momento encontra-se a terminar a licenciatura em Música – Variante Jazz na Escola Superior de Música de Lisboa. Actuou em vários festivais de jazz e tem tocado com várias figuras da música portuguesa dos Ala dos Namorados a Marco Rodrigues.
O talento da Lígia F
O talento da Lígia FIlustração
Nasceu em 1985 em Setúbal. Por ser a “croma” dos números, largou os lápis-de-cor e as tardes a desenhar para estudar economia, somente voltando a pegar-lhes dez anos depois. Foi aí que todo o seu corpo pediu para continuar. Em 2015 ganhou coragem e saiu de Budapeste, onde morava, para estudar desenho na FBAUL. Gosta de desenhar o que vê, porque o que vê é suficiente. Quer saber o nome de quem desenha, as suas histórias, e o desenho passa a servir então para preservar o momento, para salvar do esquecimento. Gosta de ser portuguesa. E está apenas a começar.
O talento do Luís Barata
O talento do Luís BarataFotografia
Nasceu em Lisboa em 1969, cidade onde vive e trabalha.
Em 2001 conclui a licenciatura em Urbanismo pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, tendo desenvolvido atividade profissional nessa área até 2013. Em 2010 frequenta uma pós-graduação em Filosofia do Oriente, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Entre 2010 e 2011, frequenta o workshop de fotojornalismo na Lightshot, com tutoria de Luiz Carvalho e entre 2013 e 2014 frequenta a formação nas áreas de Produção e Edição de Vídeo e Multimédia, no Cenjor – Centro Protocolar de Formação para Jornalistas.
Concluí em 2016 o Curso Avançado de Fotografia do Ar.Co, sendo que nesse percurso é lhe atribuída em 2014 a Bolsa Novo Banco e em 2015 a Bolsa Ana Martinho. No mesmo ano foi selecionado para o programa de leitura de portefólios da Carpe Diem, Arte e Pesquisa, Lisboa.
Atualmente é doutorando em Arte Contemporânea na Universidade de Coimbra e desenvolve trabalho autoral e comercial em fotografia e vídeo. Está representado na coleção particular de Manuel Castro Caldas.
O talento da Maria Boavida
O talento da Maria BoavidaIlustração
Lisboeta, Portuguesa e de 1983.
Passou pelas Belas Artes de Lisboa com o curso de pintura, mas foi no Ar.Co que se identificou, com o extra do design gráfico.
Foi nesta escola que os seus horizontes expandiram, ao aprender técnicas antigas como gravura e tipografia, sempre mantendo-se fiel ao desenho.
Aprendeu a concicliar o digital com o manual, e o caminho de design gráfico foi o que se seguiu.
Após trabalhar durante 2 anos na área de museus e exposições como designer, voltou-lhe a vontade de desenhar e aprender mais.
Seguiu-se um ano cheio, na Cornualha, Inglaterra, ao entrar no Mestrado de Ilustração de Autor. Aqui não só voltou à gravura, desenho e ilustração, mas acabou também por conhecer a serigrafia, técnica esta em que trabalha actualmente.
Em 2010 a Maria abriu uma oficina de impressão em serigrafia – Carapau Amarelo, em Lisboa – onde faz trabalhos seus e também para outros autores.
O talento do Pedro Silva
O talento do Pedro SilvaBanda-Desenhada
Entre 1984 e 1997 trabalhou em editoras e agências de publicidade como designer e criativo (Plátano Editora, Cinevoz, Comunicar, BMB&B, Neovox).
A partir de 1998 estabelece-se como freelancer, trabalhando basicamente em ilustração e banda desenhada com trabalhos publicados no Jornal Record, Jornal de Notícias, Semanário Económico, entre outros. Tem vários livros editados como autor (7) e como ilustrador (30).
Desde 1998 tem exercido uma atividade de artista plástico tendo participado em vinte e três exposições individuais e coletivas.
O talento do Ricardo Lopes
O talento do Ricardo LopesCerâmica | Olaria
Desenvolve o seu trabalho na área da Cerâmica Contemporânea a partir de técnicas tradicionais, com destaque para a roda de oleiro e a composição de vidrados a partir das matérias primas.
Concluiu o Curso de Cerâmica Criativa no CENCAL em 2004. Realizou estágios na Polónia, França e Cabo Verde. Participou em diversos workshops sobre vidrados de efeitos especiais e técnicas tradicionais. Foi artista residente no Japão, China e mais recentemente, na Índia. Desempenha igualmente funções de professor de Cerâmica em diversos projectos educativos sob a forma de cursos e workshops em museus, escolas, ateliers, centros sociais e outras instituições públicas e privadas.
O talento da Sara Damásio
O talento da Sara DamásioIlustração Pop-Art
Alentejana de gema, desde menina Sara vê-se na ilustração como a Alice viu no País das Maravilhas.
O momento em que viu pela primeira vez um livro ilustrado, ficou-lhe até hoje gravado como uma das suas primeiras memórias. Esse, tinha de ser o caminho da sua vida.
Um universo fascinante e meditativo, onde não existe tempo nem espaço.
Designer de comunicação de profissão, a ilustração sempre permaneceu consigo.
Expressa-se através do género pop-art, com Roy Lichtenstein como grande influência, onde procura eternizar momentos pela sua emoção e expressividade.
O talento da Sara Malta
O talento da Sara MaltaCerâmica Ilustrada
Nascida e criada à beira mar (Espinho), veio estudar Design para Lisboa, onde vive e trabalha como freelancer.
Pelo meio descobriu a Ilustração na AR.CO e a vontade de espalhar o seu traço por todo lado.
Do papel passou para as paredes, e na cerâmica encontrou o suporte ideal para
traduzir as histórias que lhe contam por aí.
O talento da Sofia Rodrigues
O talento da Sofia RodriguesIntérprete Voz
Sofia Rodrigues nasceu a 4 de julho no verão de 1986 em Lagos.
É uma cantora portuguesa mezzo-soprano de vasta extensão vocal, multi instrumentista.
Sua formação musical inicia-se por volta dos 8 anos na escola de música Joly Braga em Portimão, frequentando aulas de piano e formação musical. Aos 11 anos estuda na academia musical da Ribeira Grande,S.Miguel piano e formação musical e faz parte do coro infantil.
Em 2012 começa a cantar com o músico Gonçalo Filipe de Sousa no duo Chá dançante.
Nesse mesmo ano tem aulas de canto com a professora Isabel Campelo na escola de artes performativas SOU em Lisboa e aulas de voz com a cantora Joana Espadinha no hospital Egas Moniz em Lisboa.
As suas influências musicais vão desde a música clássica ao jazz, da bossa nova ao fado.
O talento do Vítor Moutinho
O talento do Vítor MoutinhoFotografia e Vídeo
Nasceu e vive em Lisboa, é fotojornalista e videojornalista freelancer. Já trabalhou em rádio como sonoplasta, dj, locutor, autor de programas e jornalista e em imprensa como fotojornalista, nas revistas FL&F, Sábado e no jornal O Jogo. Fez formação multidisciplinar no Cenjor e continua a fazer actualizações regulares em multimédia, tv, vídeo e documentário.
O talento do Zé Luís C
O talento do Zé Luís CDeclamação de Poesia
Nasceu no Minho e por isso não dispensa a tora no caldo verde. Vive em Lisboa como flâneur da cidade, espirrando poesia, flores e inquietações. Foi autor do projecto Sinal de Alarme e trabalha em Teatro e Comunidade. Pertence ao Colectivo Meia Dúzia de Oito.

Queres fazer parte do Talanti?

Se és artista, tens um talento e queres partilhar o mesmo com o Talanti e os seus clientes, preenche este formulário com a tua informação. Nós entraremos em contacto depois de avaliar o conteúdo. Obrigado!